sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Aconteceu comigo!

Achei que não fosse acontecer, mas aconteceu. Pensei que não fosse capaz de sentir, mas senti.
Tô certa que estou viva, pronto, pode parar...não preciso mais continuar nessa agonia!
Se tivesse sido compartilhado, se todos os combinados tivessem acontecido, se não tivesse feito papel de boba, de repente não iria querer parar, mas fiz! E nada aconteceu...
Eis que me surge um deslize, uma abertura e desarmada pude me entregar. Poderia ter tirado proveito da situação, ter me divertido, ter curtido e não ter me envolvido, como sempre foi, mas para te mostrar que não queria te ver sofrer me entreguei, fechei os olhos e me lancei e quando acordei você não estava lá, olhei para os lados e também não te encontrei...suspirei, esperei e meio que desnorteada percebi que estive sozinha ali o tempo todo e hoje, mesmo com o fundinho de esperança de ainda olhar para atrás e te ver tentando me alcançar caminho lentamente, quase me arrastando em direção do tempo, porque sei que nesse momento só ele será meu amigo.

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Tudo que sou....


Aos 40 percebo que não se dá pra fazer tudo na vida. Vivi um casamento precoce aos 17, aos 23 me realizei em dobro sendo mãe e quando cheguei aos trinta percebi minha existência no mundo. Foi quando a partir daí me graduei, me habilitei e pude tomar coragem pra ir onde quisesse e ser quem pudesse. O tempo corre demais, as buscas são incessantes e graças a Deus por isso. É pura utopia achar que o mundo é totalmente alcançável, procuro valorizar o que conquisto e sonho ser valorizada pra me deixar conquistar. Não moro sozinha, pois não sei ser feliz solitária. Acredito que esteja no meio do caminho da vida que me foi destinada na qual não tem mistério, mas é aberta apenas aos que me fazem sentir bem. E enquanto a pessoa certa não me achar fico dando risada das erradas mesmo...e olha que nem estou tão escondida assim. rsrs ♡♡♡
O mais importante mesmo é ser feliz, assumir os erros e viver o presente sem se pressionar pelos anseios sociais, afinal, nem tudo depende da gente. #fato

sexta-feira, 3 de julho de 2015

O que a mudança traz?

Mudar sempre é bom...Renova, oxigena, motiva e de certa forma regenera o espírito.
A mudança não me assusta, a perda que isso acarreta sim. Pois toda mudança tem seus ganhos e suas perdas. A questão é balancear e decidir qual tem o maior peso.
Nessa minha metamorfose atual o que percebo em mim é uma paz intensa de uma escolha bem pensada e definida. O momento tem me trazido vários momentos de autorreflexão e conhecimento. Estar comigo mesma, conhecer meus limites e desejos mais íntimos tem me proporcionado cada vez mais um amor próprio que nunca tinha sentido.
Não, nem tudo é um mar de rosas, mas não é só de calmaria que vive o homem, principalmente a mulher(rsrs), mas o mais importante disso tudo é o quanto tenho me fortalecido para o enfrentamento dos dias tenebrosos e agitados.
O saldo tem sido positivo e sair da mesmice de fato me fez bem.
Que venham outras mudanças!

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Malhar pela manhã

A resposta do corpo quando a gente pratica um exercício físico é incrível.
Não estou dizendo aqui que já estou linda, maravilhosa e magra, mas a disposição nessas duas semanas que retornei às caminhadas tem me feito muito bem. Até meu braço que estava travado por conta da tendinite já está mostrando uma resposta positiva.
Sempre resisti a práticas de exercícios pela manhã, mas devido a falta de tempo durante o dia consegui conciliar meu horário e pela manhã lá estou eu ...e estou gostando! Fico mais disposta durante o dia e conscientemente me controlo mais quanto a alimentação.
Por enquanto estou só na caminhada, semana que vem vou ensaiar umas corridinhas e em novembro parto pra ginástica.
Espero sinceramente que os resultados também quanto ao peso seja positivo, pois nada melhor do que estar mais disposta, ágil, saudável e magra.
Li aqui sobre as vantagens e desvantagens dos horários de malhar, achei super interessante!!

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

ENGORDEEEI...começar de novo!

Nossa, com corpo não dá mesmo para brincar...
Em menos de um ano engordei 9 kg.
Achei que depois da cirurgia fosse dar uma estacionada. Sabe de nada, inoceeeente!!
Claro que percebi que os flancos pularam, que as coxas gritaram e os braços..ahhh esse malditos braços...(SEM COMENTÁRIOS), mas não imaginei 9kg. E hoje na avaliação física da academia, eis a grande surpresa!!!
Nem adianta gritar, espernear, descabelar, eu sei. O jeito é correr atrás do prejuízo.
Já fiz minhas comprinhas, já voltei a ativa na academia e tô animada!
Bora lá...83kg
A reavaliação está marcada para dia 21/12 e vou exigir pouco de mim...................META 78Kg.
E vamos de Ivan Lins...

Começar de novo
E contar comigo
Vai valer a pena
Ter amanhecido...


quarta-feira, 10 de setembro de 2014

A dica do dia é...

Os dias têm passado como corrente marítima, em uma proporção que não tenho dado conta de um monte de coisas, nem de mim mesma. Na verdade dar conta de mim mesma e esse turbilhão de hormônios aflorados é uma situação tensa e complexa.


Prioridades para o meu momento...
Sim...amo assistir TV, principalmente filmes e séries.


 Meu corpo já percebeu, internamente e externamente que sou o que como.


 Escrever me faz bem. Faz com que minha alma fale.


 A leitura me deixa mais concentrada, inspirada e criativa.


Conhecer novos lugares oxigena a mente, pois nos faz sair da rotina.


A prática de atividade física me deixa mais bem humorada, com a alta estima elevada e com mais disposição para enfrentar a rotina pesada do dia.

O planejamento financeiro nos deixa ter um sono mais tranquilo a noite e bem preparados para uma emergência.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Felicidade

Ser feliz implica em muitas questões e sinceramente algumas não muito agradáveis...
Mas, por demasiado que seja as barreiras que encontramos para enfrentar, sempre vale a pena.
A quem culpar por não sermos felizes?? A nós mesmos, pois somos responsáveis pelo que somos a partir do momento que assumimos nossa consciência humana.
Ser feliz é fácil, o difícil é termos segurança e a assumirmos sem culpas ou apegos.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Desencontros

Sou da cultura em que quando perdemos algum objeto e que queremos encontrá-lo recorremos a São Longuinho e combinamos os pulinhos. Não sei se o santo é realmente poderoso ou a minha insistência pela busca do algo perdido era incessante, pois sempre fui feliz em encontrá-los.
Só que hoje não quero falar sobre nenhum objeto perdido, mas em relação aos desencontros da vida.
Nos relacionamos com tantas pessoas durante a vida, por muitas vezes me lembro de algumas delas e nas lembranças de um tempo que não volta mais me pego com saudades.
Saudades daquela amiga que andava de bicicleta comigo pelo bairro...
Saudades daquela amizade que fiz e achei que fosse durar uma vida inteira...
Saudades daquela vizinha que ficava papeando até o guarda passar...
Saudades daquele grupo de amigos da igreja que se esforçaram em me evangelizar...
Saudades daquele garoto que me fez sair da meninice, experimentar o primeiro beijo e viver a dor e o prazer do primeiro amor...
Sim...não devemos viver do passado, mas tenho por ele respeito, pois foi o fundamento de tudo que me tornei. Queria apenas um encontro, alguns encontros e me tornar presente na vida desses que num tempo me fizeram tão bem! 
Tempo que não volta mais...
Tempo bom...

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Querer ou não querer, eis a questão!

Dizem que querer é poder, e o não querer é o quê? Escolha, situação, conformismo ou apego?
O querer te impulsiona ao objetivo e o não querer te leva à insegurança, a frustração, a enganação, ao silêncio que  implacável e imperdoável.

Então, se não quero eu também posso! Posso não ir, não escolher ou dizer não, fácil falar, mas romper barreiras e deixar de segui um fluxo te leva a escolhas, mudanças e a dúvidas de se realmente não quero.

Não dá pra entender, né? Mas se fosse de fácil compreensão não estaria me perguntando e duvidando se realmente quero. Simplesmente abarcaria a decisão e ponto.

Se onde há fumaça há fogo, onde há dúvidas há um desejo de que seja diferente.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Prazer em me conhecer...

Cirurgia- dez
Recuperação- total
Resultado- satisfatório
Peso- mantendo no 7.1 ¬¬
Descanso- acabando. A partir do dia 10 o bicho pega em tempo integral, ou seja, trampo 12 horas por dia.
Vida- seguindo.


Tenho evitado as palavras. Nem sempre é bom falar, pois a fala reflete o pensamento, o desejo daquilo que muitas vezes nem admitimos a nós mesmos.Portanto, antes calar do que emitir palavras vazias.
Dizem que o silêncio descansa a mente, mas acredito que muitas vezes é o disfarce de um turbilhão de desejos, pensamentos e projetos que nada tem haver com descanso. Ao contrário, é uma movimentação que intimida, pois nos leva ao autoconhecimento em que nem sempre estamos preparados a enfrentar.
“ME ARREPENDO DE COISAS QUE DISSE, MAS JAMAIS DO MEU SILÊNCIO".