sexta-feira, 17 de julho de 2009

Cultura do "comer"

Hoje teve encerramento com os alunos na escola: última prova, discoteca e lanche coletivo. E quando estava a caminho ia pensando em como seria difícil ( e confesso que foi impossível) resistir às guloseimas que eles levariam para o lanche e fui também analisando de como vivemos em uma cultura em que tudo é rodeado de "comer". Pra tudo e em tudo me sinto rodeada e invadida de comida ou de pensamentos que levam a ela.
Se tem uma reuniãozinha entre amigos, sempre tem que vir recheada de petiscos...
Se vamos receber visitas em casa, já pensamos dias antes em o que servir e quando não se serve nada, é falta de educação.
Se planejamos sair para curtir a noite um pouco, pensamos nos gastos incluindo despesas do lanche ou algo para comer.
Se vamos viajar e passar alguns dis em um hotel e lá na diária está incluído café e almoço, criamos maior expectativa para esse momento...
Não tem como negar, comer definitivamente tráz felicidade, completa o evento e quando a festa serve de leve os petiscos, os convidados ainda saem falando que a festa é "calça curta".
Não quero aqui defender nenhuma teoria de "passar fome", necessitamos organicamente comer, mas a valorização desse momento é tamanha que se torna o foco principal de qualquer motivo especial de comemorações ou uma simples saidinha ou recepção.
Não me isento desse fardo. Sim, sou culpada!! Mas como eu queria sair, ir para uma festa e me livrar completamente desse foco.Simplesmente andar pelo salão, rir bastante, dançar, conversar, tirar fotos e não salivar...

3 comentários:

Luciana Kotaka disse...

Olá amiga, temos que sair sim, receber amigos, maspodemos cuidar do que comemos e aproveitar para torcar idéias, ser felizes e pronto!!! Sem exagerar...Mil beijinhos carinhosos

Rosi disse...

Andy,não se ofenda, mas eu tive q rir com o seu post. Afinal ele é a pura realidade.rs
Nós sabemos q toda festa (grande ou pequena) o auge dela é a mesa. Se farta, elogios.
Se "falta", reclamações...
Temos q aprender a sobreviver. Fácil falar, né? Mas de verdade é difícil resistir ainda mais quando está bem variada e a gente precisa variar de vez em quando, sair da mesmice, né?
Mas, vamos continuar firmes e fortes no nossos propósitos de emagrecer apesar de todas as festas do mundo, ok?
bjs e boa sorte na festinha

http://rosi.assis.zip.net

Ale disse...

aiaiii pior que é... tudo vem com o comer junto e ai o bicho pega grandão....mas ainda vai chegar o dia que vamos deixar de salivar rsrsr..eu espero hehe...bjks amiga obrigada pela força de sempre!!!