segunda-feira, 31 de maio de 2010

domingo, 23 de maio de 2010

Sem novidades. As coisas com certeza demorarão mesmo para acontecer, mas dessa vez vai. Estou na fé!
Tenho andado bem controladinha na alimentação, mas não muito focada nisso. Não engordei,mas permaneci nos 8.2 mesmo.
Acho que essa semana as coisas por aqui no blog estarão na rotina normal.
beijos enormes!

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Liberdade

Galera da minha vida, quanta saudade...Não gosto de deixar meu cantinho aqui abandonadinho, mas minha vida deu um giro total.
Pois é, eu sempre dizia, muitas vezes aqui mesmo, que minha vida precisava de uma mudada, que eu precisava tomar umas atitudes e iniciativas e cá estou eu, numa vida nova, meio enrolada, mas dei um passo em direção ao meu futuro e por mais incrível que possa parecer, não estou com medo.Pode ter parecido egoísmo, pois muita coisa mudou pra muita gente também, mas sei que é para um futuro melhor.
Tenho muitas coisas para colocar nos eixos, sei que muita coisa nova terei pela frente, mas estou disposta a enfrentar. Eu não estava feliz, eu queria algo novo, sei que ainda não está 100% e nem creio que estará, mas de braços cruzados é que não poderia ficara, né? O bom disso tudo é que me sinto livre, como se durante esse tempo estivesse presa, amarrada e agora tivesse conseguido me livrar disso tudo.
Estou ainda na casa de mamis e buscando um financiamento de um imóvel, mas sei que isso não é resolvido com duas conversas, portanto minha instalação aqui é por tempo indeterminado.
Já conversei com o maridão e esclarecemos que a separação não é o que queremos, mas voltar para aquele cativeiro, never...Ele ainda está lá, mas concordou que já passamos da hora de buscarmos nossa vida, independente, do nosso jeito, sem interferências, implicâncias, jogos emocionais e tudo mais que rolava lá.
Não quero e nunca quis mal aos pais dele, mas foram 18 anos de insatisfação e anulação total da minha vida, de tudo que eu acreditava ou julgava certo ou errado, agora, dei um basta pra valer mesmo.
A situação não está legal,pois estamos longe, família assim dividida não é bom, mas espero que logo se resolva.
Enquanto isso, estou aqui na vidinha regrada e organizada de mamãe, sendo aconchegada e paparicada. Só não posso acostumar!
Mas gente, está complicado...conseguir financiamento é muito burocrático, e achar algum imóvel no jeito está "osso", sem contar que nem eu, nem as "crianças" nos importamos em ser AP, o que até tornaria mais fácil, mas ele prefere casa, eis o complicador.
Enquanto essas coisas não se resolvem, vou seguindo e agora, de volta ,bombando com minhas rotinas alimentares e minhas atualizações aqui. Ando com muitas saudades de saber como anda a vidinha de vocês e com tempo vou visitando e atualizando as informações.
Aqui na casa de mamis é uma maravilha para manter uma alimentação bem regradinha, pois ela tem muitos hábitos saudáveis, não faz frituras, usa óleo de canola, leguminosas e tudo mais.Tenho até tomado chá verde ou chá mate (chimarrão brasileiro) todos os dias antes de dormir.
Amanhã estarei pesando, mas me sinto cada vez melhor e sei que dessa vez está acontecendo e que por questão de tempo já sairei do sobrepeso.
E vou que vou em busca disso!

sábado, 8 de maio de 2010

Uma respirada...

O tempo está cada vez mais corrido e nem tem dado para dar uma fugidinha aqui. Estou na casa de mamis ainda, mas as coisas já estão clareando e algumas soluções estão sendo tomadas a respeito de moradia, situação quanto ao nosso relacionamento e todas as pendências.
Não está sendo fácil,o coração está muito fragilizado e a cabeça à mil, mas creio que tudo é questão de adaptação e tempo para tudo ser resolvido.
Mesmo com toda essa correria e loucura de vida não relaxei nem um tiquinho e nada de descontar na comida! Com isso minhas calças começaram a dar o ar da graça de cairem, e eu estou amando neee....
Me pesei hoje e estou com 82,150Kg, fiquei satisfeita e só sei que quero mais.
Agradeço de coração cada apoio e palavra de carinho e incentivo. Dei uma esfriada aqui, por conta de tudo, mas não abandonei, portanto nada de me abandonarem, heim! Tudo aqui me faz muito bem!
Beijos...

quarta-feira, 5 de maio de 2010

E quando chega o fim?

Cresci ouvindo as pessoas falarem que tudo um dia acaba e acabei vivenciando o fim de muitas coisas em minha vida. Muitas coisas que se foram sem serem ao menos percebidas, pois não significavam muito, outras um pouco doídas e superadas.
E nessa semana chegou o fim de um casamento que vinha sobrevivendo nos últimos meses, mas que me trouxe uma história longa de vida ao lado de uma pessoa que conheci aos 15 anos e me dediquei por todo esse tempo.
Não sei se será permanente essa situação, até mesmo porque tudo começou a desmoronar por intromissão de terceiros e por permissividade dele. E isso acarretou um desgaste muito forte, mas não está fácil, não planejei isso, apesar de sentir que estava chegando a hora.
Acho que minha ficha está começando a cair hoje, pois amanheci com uma sensação de perda muito grande e estou muito sensível e um pouco perdida.
Estou muito preocupada também com meus filhotes, principalmente meu menino que está sensibilizado demais.
Estou buscando todas as forças possíveis que puder em mim para que o tempo passe e eu me mantenha segura para dar um novo rumo a minha vida.
Agradeço demais o carinho de todas e queria pedir desculpas por não estar visitando e apoaindo daquele jeitinho que gosto, mas o corre corre está grande, e ainda não estou com meu computador.
Sei que é uma fase e que de qualquer forma passará, e isso no momento está sendo o meu conforto.
Grandes beijos...

segunda-feira, 3 de maio de 2010

A vaquinha caiu no precípício

Não sei vocês conhecem uma história de um pobre camponês que teve sua vaquinha, única fonte de renda, jogada no precipcio por um velho sábio que passava pela região onde ele morava.
Tempos depois quando o sábio voltou a passar por lá aquele pobre camponês havia procurado por outras fontes de renda e superou tudo, levando uma vida melhor do que antes com a vaquinha.
Enfim, resumidamente escrevi essa historinha, pois sempre que estou prestes a tomar alguma decisão em minha vida e fico sem coragem, me retomo a história, imaginando como seria minha vida sem a "vaquinha".
Hoje minha vaquinha foi lançada ao precipício e uma nova forma de vida irei enfrentar e encarar agora. Peço muito à Deus que me dê força e discernimento para saber agir e escolher cada passo e rumo que darei, afinal não sou sozinha.
Está tudo uma loucura ainda!Assim que der venho entrar em detalhes, mas hoje queria muito pedir a vocês, um minutinho, uma prece, um pensamento, sei lá, que em suas orações pensem um pouquinho em mim, pois não está fácil e preciso estar muito forte.
beijos