quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Academia e reflexão

Enfim lá fui euzinha à academia. Reinício depois de um tempo parada resultou em pegar leve e não passei de 40 minutinhos. Me fez um bem enorme, que sensação maravilhosa sair e tomar um refrescante banho. Que energia!!
Só que a breguice reinou, pois pude perceber que NÃO TENHO ROUPA PARA MALHAR
Quero fazer desse momento um momento de puro prazer, portanto comprarei roupinhas de malhar URGENTE, pois estar bem me fará bem, logo academia=bem estar!!
Refleti muito hoje sobre todo esse processo, sabe e definitivamente o corpo não pode ficar desassociado da cabeça. É uma etapa de transição onde o fator principal a ser trabalhado a começar a mudar é a cabeça.Primeiramente é saber dizer NÃO, é poder entender e acreditar que o prazer da recompensa em dispensar um brigadeiro, uma coxinha, um copo de refrigerante é muito maior do que segundos de satisfação em estar consumindo tudo isso. Não nego o prazer que dá comer, é um hábito que além de te saciar a fome também sacia muitas outras questões como angústia, stress, decepções, etc. Só que eu já sei o prazer que dá isso tudo, é MOMENTÂNEO e depois vem a culpa; agora quero experimentar novos prazeres, como me sentir sensual, sexy, poder ter disposição, comprar roupas moderninhas e acima de tudo ter bem estar e me amar, sabendo que minhas escolhas são saudáveis.
Tenho plena consciência que essa escolha de vida não é um castigo e sim o meu reencontro, a minha liberdade.
A decisão foi tomada: saí do piloto automático, me segura agora, que quero ver!!

Um comentário:

Ana C. disse...

Andy que bonito ver essa sua decisão e a consciência com a qual você está encarando o processo. Quando eu consegui desenvolver essa consciência realmente estive pronta pra começar e os resultados começaram a vir.

Muita força e parabéns por essa nova fase!

Beijo beijo