quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

As vezes no silêncio da noite...

Olá querida noite...Dizem que ela é uma criança, sem compromisso, sem se preocupar com o amanhã e eu particularmente amo as noites e sou extremamente preguiçosa pela manhã. Muito bom poder vir aqui, nesse silêncio noturno, enquanto a casa dorme (com exceção de meu filho que está de férias e madruga todo dia! Te amoooo).
Poder interagir com meus pensamentos, comigo mesma, nesse clima de tranquilidade, não tem preço e enquanto o soninho vem chegando, bem de mansinho posso me ouvir e ter aqueles sagrados minutinhos só para dedicar a mim mesma, à minha voz interior.
E estive pensando que quando a gente desliga o piloto automático e se dá conta que a direção de nossa vida está em nossa mãos é que conseguimos enxergar de fato os passo que estamos dando e pra onde esses irão nos levar.São escolhas determinantes para uma vida inteira e não há como não se centrar nisso!! Para tudo em nossas vidas...
Quando ouvimos que somos o que comemos é a mais pura realidade e com certeza, somos o que escolhemos em tempos atrás.
Hoje optei por saber escolher o que como e a perceber a forma como isso acaba me transformando; é uma transição de dentro para fora e se não houver uma percepção muito apurada para notar as mudanças positivas a gente peca em desistir, pois elas acontecem bem lentamente, de forma suave, bem gostosa. Com o tempo todo hábito velho e errado vai se tornando esquecido e o novo e saudável vem se tornando natural e imprescindível.
Esse presente, tenho que ter plena consciência que não será usufruído no hoje, mas no futuro.
E quando me refiro a mudança de dentro para fora é porque primeiro preciso internalizar o quanto é necessário me cuidar e quando compreendo isso há um reflexo de atitudes positivas, logo uma resposta física que são as mudanças que percebemos com muitos detalhes.
Além, é claro, de poder pegar uma calça 44 e fechá-la sem precisar deitar na cama, ou ficar sem respirar, nota-se outras respostas como: a barriga mais murcha, um pescoço mais fino, um rosto desinchado, um anel folgado, calçados mais confortáveis, a perna que se cruza elegantemente, as blusas mais acentadas, sem contar com o aumento do condicionamento físico, da disposição em se agachar com mais tranquilidade, a respiração mais livre e menos ofegante e o prazer em ver a balança diminuir cada vez mais.
E tudo isso me motiva cada vez mais; e grita que vou conseguir chegar lá!! Confiar, eu já confio, agora só me basta esperar.
ZZzzZzZZZzzz
Boa noite.

4 comentários:

Ana C. disse...

As madrugadas sempre foram minhas companheiras, hoje menos pq me policio pra dormir cedo e ter disposição no dia seguinte pra dar conta de todo o exercício físico que preciso fazer.

E os resultados as vezes são realmente sutis, mas se você souber reparar são pequenos troféus que recarregam diariamente nossa força de vontade!

Beijo beijo querida

Jeeh Antunes disse...

Oi flor, as noites também sempre me levam a pensar, refletir são como disse a Ana companheiras!
Parabéns por todas as conquistas e que cada dia você possa obter ainda mais vitórias e alegrias na tua vida!!
Beijoss!

Ju disse...

Ual... que lindo seu post, conheci seu blog ontem e só hj pude parar para ler com tranquilidade... AMEI, virei aqui mais vezes com certeza...

Bruna Amâncio disse...

Olá querida,

Palavras fabulosas é assim mesmo que acontece conosco e vamos conseguir sim...

" A força que precisamos, vem de dentro de nossa alma, aquela que entende que queremos mudar e atingiremos nosso objetivo"

Beijos